Business Intelligence

Sistemas Inteligentes de Apoio à Decisão

Aplicações de sistemas computacionais de apoio à decisão estão em franca ascensão. Grandes organizações, bancos, companhias de seguro e agências governamentais, entre outros, utilizam análises computacionais em seus processos decisórios em busca de maior competitividade. Todavia, muitos ainda as utilizam para apoiar decisões de forma rudimentar.

Os processos de tomada de decisão em empresas e outras organizações dependem fortemente do conhecimento que os gestores têm da realidade de seus negócios. Muito desse conhecimento pode ser retirado dos dados resultantes da atividade normal da empresa, e que são continuamente acumulados pelos sistemas de informação transacionais. A transformação eficiente e eficaz desses dados em conhecimento útil, que possa resultar num melhor desempenho da organização, passa pelo domínio de técnicas de análise de dados. Entre estas contam-se técnicas inteligentes e estatísticas, que têm equipado cada vez mais os sistemas de apoio à decisão.

Métodos estatísticos (modelos não-lineares/não-Gaussianos, modelos de volatilidade, hierárquicos, métodos Bayesianos) são tradicionalmente empregados em sistemas de apoio à decisão. Contudo, a aplicação da inteligência computacional (Redes Neurais, Lógica Fuzzy, Algoritmos Genéticos e Sistemas baseados em Conhecimento) em problemas comerciais tem mudado a maneira pela qual algumas organizações operam e são gerenciadas.

Sistemas inteligentes de apoio à decisão vêm sendo empregados com sucesso em previsão, otimização, análise de risco, controle, inferência, modelagem e detecção de fraude, nas mais diversas áreas de conhecimento. Esses sistemas oferecem soluções extensíveis a gestores e tomadores de decisão em aplicações complexas e extensas, consideradas difícei s, extremamente restritivas ou mesmo impossíveis.

O Departamento de Engenharia Elétrica (DEE) da PUC-Rio tem proficiência em Métodos de Apoio à Decisão envolvendo Técnicas Inteligentes, atestada pelo ensino de graduação e pós-graduação, há vários anos, e pelo desenvolvimento de projetos para empresas como Petrobras, Light, Cia. Vale do Rio Doce, ONS, Souza Cruz, Eletrobrás e outras.

Através da iniciativa de criar o BI-Master, a PUC-Ri o vem atender a grande demanda do setor produtivo por novos e sofisticados sistemas de apoio à decisão, oferecendo: o primeiro curso de pós-graduação lato sensu nessa área a nível nacional.

O curso, através de um programa que inclui teoria e cases, é capaz de atrair profissionais em diferentes áreas.

Neste programa, o aluno é estimulado e orientado no uso de novas técnicas e sistemas de apoio à decisão (SAD). A i novação do curso é trocar a ênfase dos cálculos pela ênfase da aplicação dos cálculos em problemas reais.

Os alunos participam de atividades de concepção, projeto, desenvolvimento, manutenção, gerenciamento, administração e utilização de métodos e sistemas inteligentes de apoio à decisão em geral.

Visite o site do CCE (Coordenação Central de Extensão) da PUC-Rio.