Graduação

Computação Digital (ELE1448)

Descrição

Não Disponível.

Objetivos

NãoDisponível.

Ementa

Tecnologias de semicondutores: bipolar e CMOS; projeto com circuitos MSI; memoria (ROM, SRAM, DRAM etc.); CPU digital; linguagem Assembly, barramentos síncronos e assíncronos; dispositivos lógicos programáveis; linguagem VHDL RTL; computação virtual; hardware evolucionário; introdução ao projeto de circuitos VLSI.

Cursos
  • Engenharia Elétrica
  • Engenharia da Computação
  • Engenharia de Controle e Automação
Pré-Requisitos

Nenhum pré-requisito encontrado.

Professores

Marco Aurélio C. Pacheco
Sala: 20 do Anexo - 4º andar (Leme)
E-mail: marco@ele.puc-rio.br

Bibliografia

UYEMURA, J. P. Sistemas Digitais; São Paulo: Thomson, 2002.

Avaliação

Avaliação 8-10 Experiências de laboratório aproximadamente (1/semana). 3 Provas G1, G2, G3 (todas práticas) + 1 Trabalho Prático laboratório (TL) no final do período + 1 Prova final G4 (opcional). G1 em 24/09 (no horário da aula de laboratório de SEG 10-13hs) G2 em 29/10 (no horário da aula de laboratório de SEG 10-13hs) G3 em 03/12 (no horário da aula de teórica de SEG 10-13hs) TL até 05/12 não deixe para o último dia. G4 em 10/12 (no horário da aula teórica de SEG 10-13hs) Critério: A nota final de laboratório NL=(Média_Experiências + TL)/2 Critério, segundo o novo critério da PUC-Rio:

CATEGORIA 5
NF = G1 + G2 + G3

3 Se G1, G2 e G3 >= 5,0 ou NF >= 6,0, então MÉDIA = NF
em outros casos o aluno faz G4:
se G4 >= 3,0, então MÉDIA = (Gm + Gn + G4)/3

Gm e Gn são as maiores notas de G1, G2 e G3
se G4 < 3,0, então MÉDIA = (G1 + G2 + G3 + G4*3)/6

CATEGORIA 11
NT = parte teórica = categoria 5
NL = parte laboratório: categoria 12
se NT e NL >= 5,0, então MÉDIA = (NT*3 + NL)/4

se NT e/ou NL < 5,0, então MÉDIA = menor nota (NT ou NL)

    Regras e Dicas de Laboratório:

  • Experiências de laboratório e notas de aula podem ser encontradas na seção "Downloads" desta página.
  • As experiências serão realizadas individualmente ou com no máximo 2 alunos por bancada. Em nenhuma hipótese será admitido grupo de 3 alunos, seja no laboratório ou no trabalho prático.
  • Algumas experiências serão realizadas apenas com simulador, sendo neste caso, experiências individuais.
  • No cálculo de L serão consideradas as (n-1) melhores notas dos trabalhos de laboratório (despreza-se a pior nota).
  • O prazo máximo para o término de cada experiência é de 7 dias, ou seja, a experiência deverá estar terminada até a próxima aula.
  • Quanto a não realização de laboratórios, aplicam-se as regras contidas no critério do DEE: "o aluno que não alcançar o mínimo de frequência de 75% das aulas de laboratório terá grau final zero e estará reprovado por faltas".
  • O aluno que faltar à aula de laboratório poderá ainda executar, individualmente, a experiência no prazo de 7 dias. Fica no entanto computada uma falta (máx. 25%).
  • A nota de cada trabalho de laboratório é imediata, escrita no próprio preparatório e anotada na pauta pelo monitor, no ato da apresentação da experiência funcionando (total ou parcialmente). Preparatórios não ficam retidos.
  • As notas terão a seguinte regra:

    • Experiência funcionando: nota = 10
    • Experiência funcionando parcialmente: nota = de 5 a 9
    • Experiência não funcionou: nota = 0 a 5
    • Experiência não montada ou não testada: nota = 0
    • Um aluno da dupla ausente à aula: nota do ausente = 0
    • Penalidade por não utilizar osciloscópio= - 2 pontos
    • A apresentação da experiência deve ser feita ao monitor da disciplina e será exclusivamente no horário de aula
Carga Horária

Não disponível

Outras Informações

Não Disponível.

Ementa Detalhada

Não Disponível